Madonna discursou contra Donald Trump

Reprodução Madonna discursou contra Donald Trump

Líderes do Partido Republicano, o mesmo que elegeu Donald Trump como presidente dos Estados Unidos em 2016, estão dizendo que Madonna deveria ser presa por afirmar ter pensado em explodir a Casa Branca.

As palavras foram ditas durante um discurso na Marcha das Mulheres, em Washington, no sábado (21), que reuniu centenas de milhares de pessoas que marcharam contra o governo de Trump. “Sim, eu estou brava. Sim, eu me sinto ofendida. Sim, eu pensei muito em explodir a Casa Branca. Mas sei que isso não mudaria nada”, afirmou ela.

Newt Gingrich, líder republicano, acusou a artista de propagar o que ele chamou de “fascismo de esquerda”. “Ela é parte disso, e acho que nós [republicanos] temos que nos preparar para nos protegermos. A verdade é que ela deveria ser presa”, disse.

Donald Trump inaugurou seu mandato no dia 20

Divulgação Donald Trump inaugurou seu mandato no dia 20

Madonna se posicionou e tentou esclarecer a polêmica em seu Instagram no domingo (22). “Eu não sou uma pessoa violenta, eu não promovo violência e é importante que as pessoas ouçam e entendam meu discurso em sua totalidade ao invés de apenas uma frase tirada completamente de contexto”, pediu ela. “Eu compartilhei duas formas de olhar para as coisas. Uma com esperança, e outra com o sentimento de raiva e desgosto, o qual eu pessoalmente senti”, continuou.

Ela finalizou: “no entanto, eu sei que atos de raiva não resolvem nada e a única forma de mudar as coisas para melhor é com amor”.

Sem mais artigos