O ator Robert Downey Jr. surpreendeu a todos os presentes no prêmio American Cinematheque e pediu que Hollywood perdoasse o ator e diretor Mel Gibson por seus últimos comportamentos. O jornal The Sun publicou, nesta quarta-feira (19), que o artista contou na ocasião que o amigo o ajudou quando ele esteve viciado em drogas e o fez recuperar a fé em si mesmo ao oferecer-lhe um emprego.

“Eu não era contratado e ele me colocou no elenco. Colocou um telhado sob minha cabeça e comida na mesma”, declarou.

Mel foi preso recentemente por dirigir bêbado e se complicou ainda mais quando fez comentários considerados antissemitas, além de bater na ex-mulher, Oksana Grigorieva.

Sem mais artigos