Rodrigo Andrade, de 28 anos, interpreta Berto na novela Gabriela e sente as consequências das maldades de seu personagem nas ruas. Em entrevista para o jornal O Dia, deste domingo (09), ele falou sobre um episódio engraçado em que ele foi rejeitado por uma senhora.

“As pessoas odeiam o Berto, me olham com raiva. Estive num shopping e um senhor pediu para tirar foto com as filhas dele, e eu fiz. Daí, ele perguntou para a mãe dele, uma senhora de uns 60 anos, se ela também não gostaria de tirar foto. Ela disse: ‘Não quero, não aprovo o que ele faz’. Eu expliquei que era um personagem, mas não teve jeito”, contou o ator.

Na trama, o filho de coronel Amâncio (Genézio de Barros) não mede as consequências de seus atos e tentar mostrar sua masculinidade o tempo todo. “Brincam que ele é filho da Carminha (Adriana Esteves, de Avenida Brasil). Acho que o Berto é fruto da criação. Ele é um jovem da década de 1920, filho de coronel, que se porta como tal. Uma realidade não tão distante dos dias de hoje, de jovens que pensam que fora de casa podem tudo, estão acima da lei”, disse o intérprete.

Longe da ficção, o ator revela o que prefere na hora da conquista: “Eu, Rodrigo, acho que a atitude tem que ser do homem, ele deve atacar, pedir telefone. Não me interesso por mulheres que se jogam em cima de mim. Todas as minhas namoradas eu tive que conquistar, fiquei no pé”.

Rodrigo Andrade sobre seu personagem Berto de Gabriela: 'Brincam que ele é filho da Carminha'

Sem mais artigos