Quando Lindsay Lohan começar a cumprir sua sentença de passar 90 dias em uma clínica de reabilitação, ela não irá para um lugar qualquer, muito menos será a primeira paciente famosa do Betty Ford Center, que leva em seu nome, a pessoa mais notória que lutou abertamente contra a dependência química: a primeira dama dos Estados Unidos entre os anos de 1974 e 1977, e ativista política, Betty Ford.

A esposa de Gerald Ford lutou por movimentos sociais e foi grande apoiadora do feminismo. Sua maior batalha, no entanto, foi contra o álcool e os analgésicos opiáceos. E ela combateu seu próprio vício de forma aberta, em plena década de 70. Para tal, Betty chegou a fazer tratamento de dependência química do Hospital Naval dos Estados Unidos, e saiu de lá com a necessidade de criar um centro de reabilitação. Nascia assim, em 1982, o Betty Ford Center, na Califórnia. Sua criadora viveu o suficiente para ver sua obra funcionar, morrendo, de causas naturais, em julho de 2011, aos 93 anos.

O centro sem fins lucrativos já recebeu astros do cinema como Drew Barrymore, Tony Curtis, Robert Downey Jr – que já passou por lá várias vezes -, e até mesmo Elizabeth Taylor, que foi reincidente, recorrendo à clinica em 1983 e em 1988. Ela morreu em 2011 em decorrência de uma parada cardíaca, aos 79 anos de idade.

Músicos também marcaram presença na clínica, como a cantora Stevie Nicks, da banda Fleetwood Mac, que chegou a usar cocaína em supositórios para não estragar ainda mais suas vias nasais. Ozzy Osbourne e Johnny Cash, conhecido pela seu vício em anfetaminas e barbitúricos, também estiveram por lá.

Confira a galeria acima com os famosos que já estiveram no Betty Ford Center.

Sem mais artigos