Sandy falou sobre o convite que recebeu para atuar no filme Quando Eu Era Vivo, baseado no livro de Lourenço Mutarelli, A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, em entrevista para a Rolling Stone, publicado no site da revista nesta quarta-feira (30).

“O pessoal da [produtora] RT Features e o diretor do filme, Marco Dutra, me procuraram. Fizemos uma reunião e eles me disseram que procuravam por Bruna e que, na opinião deles, eu me encaixaria perfeitamente na personagem. Li o roteiro com calma e, já na primeira leitura, adorei a ideia e quis seguir em frente”, disse a cantora.

Mesmo com o convite para o filme e sua participação na série da Globo, As Brasileiras,  ela não coloca a carreira de atriz em primeiro lugar: “Meu foco principal continua sendo a música. Retomei minha turnê Manuscrito e, em paralelo, farei mais algumas apresentações do Projeto Covers, em que interpreto músicas do Michael Jackson. Além disso, já começo a planejar meu próximo projeto musical. Quem sabe, logo apareço com novidades…”.

Sandy irá atuar ao lado de Antônio Fagundes e Fábio Assunção: “Contracenar com eles será mais do que uma honra, um motivo de grande orgulho… Quero absorver ao máximo tamanha bagagem destes dois atores e tudo o que eles possam me ensinar. Não vejo a hora de entrar no set!”.

Sandy sobre atuar ao lado de Fagundes e Fábio Assunção: "Não vejo a hora de entrar no set"

Sem mais artigos