Selena Gomez e Christina Grimmie

Selena Gomez se emocionou ao subir ao palco na noite de sábado (11) e lembrar de sua amiga, a ex-The Voice Christina Grimmie, morta por um atirador enquanto dava autógrafos em Orlando, após um show na noite de sexta-feira (10). Ela tinha apenas 22 anos.

Selena e Christina tinham um passado em comum. O padrasto da ex-namorada de Justin Bieber, Brian Teefy, descobriu a ex-The Voice no YouTube, enquanto ela ainda estava no Ensino Médio e trabalhou como seu agente mesmo assim. Grimmie abriu os show de Selena Gomez na Stars Dance tour em 2013.

Ao cantar Nothing para a amiga, Selena Gomez chorou. “Desculpem por isso”, disse. Em outro momento, ela afirmou: “quando ela tinha 14 anos, nós a conhecemos e meus pais assinaram com ela. Uma coisa sobre Christina e sua família é que eles mantém a fé. Eu acho que isso não é sobre religião. Ela tinha apenas fé. Eu realmente  não entendo como isso aconteceu, mas eu gostaria de dedicar essa música para ela”.

Segundo a polícia, a cantora foi atingida por um homem que feriu outras duas pessoas. A suspeita é que se tratava de um atirador. “Ela estava dando autógrafos para alguns fãs quando um homem com duas pistolas abriu fogo para todos os lados e acertou Grimmie”, disse a porta-voz das autoridades à imprensa. “O suspeito, que a polícia ainda não identificou, se matou em seguida”, afirmou um tweet do departamento policial um pouco mais tarde. De acordo com os policiais, Kevin James Loibl, de 27 anos, não é de Orlando, e foi até a cidade com o único objetivo de matar a cantora.

Sem mais artigos