Shakira, de 36 anos, contou sobre como se sentiu após dar à
luz o filho Milan, de seis meses, em entrevista para a revista Glamour, na
edição do mês de agosto, durante a passagem da cantora pelo Brasil.

“Uma das coisas mais difíceis depois do parto foi
me olhar no espelho. Pensei: ‘Meu Deus, o que aconteceu aqui?’.
Comecei a chorar. Eu parecia um sharpei (raça de cachorro). Mas, com
paciência e um pouquinho de trabalho, tudo volta para o lugar. Depois de
um mês voltei a fazer exercícios e era muito sofrido. Você está muito
cansada, não tem energia e todo tempo livre que tem quer passar com
seu filho. Amamentar me ajudou também. Gostei demais de dar o peito,
mas há pouco tempo parei. Foi horrível pra mim, porém precisei parar por
causa do trabalho”. 

A colombiana também comentou sua autoestima e o apoio que recebeu do
jogador de futebol Gerard Piqué: “Ah, tenho minhas inseguranças como
qualquer mulher. Não é fácil ser uma pessoa pública. Mas graças a Deus meu não
é muito exigente… [risos]. Durante a gravidez, ele sempre falava: ‘Você está
linda, gosto assim, com mais carne, tenho onde pegar’. Ele nunca colocou nem um
pouquinho de pressão, nem quando eu estava mais gordinha… Gerard sempre dizia
que eu estava perfeita. Depois que o Milan nasceu, ele continuou dizendo que
não precisava emagrecer. Faz diferença todo esse apoio para uma mulher, sabe?”.

Ela não perdeu a oportunidade de fazer vários elogios a
Piqué, com quem está há dois anos: “Ele é o cara mais bonito que eu já vi na
vida. Mas o que o torna mais bonito é o seu coração.

Ele é um coração com pernas. Umas pernas muito bonitas também
[gargalhadas]. Pernas lindas! Pra mim ele é um ursinho. Como se diz aquela
palavra… pelúcia? Isso! Ele é meu ursinho de pelúcia!”.

Sem mais artigos