Era para ser uma celebração da música com a presença do grande funkman George Clinton em um show ao ar livre em Cleveland, em Ohio, nos Estados Unidos, nada mais civilizado possível. Mas a festa terminou, na noite de sábado (30), de forma bárbara com um tiroteio que deixou um morto e três feridos, conforme informam o site da Fox News e a agência EFE deste domingo (31).

Os tiros ocorreram durante uma briga que começou por volta das 22h próximo ao Luke Easter Park, onde ocorria o festival ao ar livre. As autoridades policiais disseram que estam procurando por um suspeito do sexo masculino que puxou uma arma e atirou contra um grupo de pessoas na noite de sábado. Ninguém foi preso ainda, disse o sargento da polícia local, Sammy Morris.

“Foi uma briga feia e alguém na multidão sacou uma arma e disparou várias vezes”, disse Morris.

Um rapaz de 16 anos de idade levou um tiro na cabeçae faleceu no hospital. Uma mulher de 20 anos foi baleada no pescoço, já um jovem de 14 anos e um homem de 23 anos, também foram hospitalizados, no Centro Médico MetroHealth Cleveland, – cada um com um tiro na perna esquerda. Nenhum dos quatro foram identificados pelo nome, segundo relatório da polícia.

Não está claro ainda para as autoridades quantas pessoas se envolveram na briga, nem quais foram os motivos.

O cantor, compositor e produtor apresentou-se em São Paulo no último dia 22 de julho, no festival Black em Cena.

Sem mais artigos