A ex-assistente de palco Simone Sampaio, que está confinada no reality show A Fazenda 5, da Rede Record, já foi vítima de preconceito por sua cor. De acordo com a tia Luzia Elias Sampaio, em conversa com o site do reality, ela passou poucas e boas na infância, em Minas Gerais.

“A juventude dela foi muito pobre e humilde. A Simone sofreu preconceito por causa do cabelo, da sua cor. As pessoas eram cruéis e colocavam apelidos nela. Só não foi mais difícil porque ela tem uma cabeça muito boa, um astral muito bom”, contou. 

De acordo com a tia, Simone contou com o apoio da família nos momentos mais difíceis. “Com o apoio da família, ela conseguiu superar esta fase da vida dela. Simone percebeu que não adiantava se abater por causa desses absurdos. Ela é uma guerreira hoje”, declarou. 

Sem mais artigos