O astro da série Rocky, Sylvester Stallone, viu-se em meio a um caso delicado 26 anos atrás, quando sua meia-irmã, Toni-Ann Filiti, o acusou de agressão e de abuso durante anos, e viu-se obrigado a fazer um acordo, digamos, secreto para que a moça não divulgasse a história e o processasse. A matéria é exclusiva da coluna Page Six, do site do jornal The New York Post desta quinta-feira (24).

Fontes próximas a Stallone insistiram em dizer que o acordo foi resultado de relatos mentirosos de Toni e que o dono da franquia Rambo foi vítima de chantagem.

Documentos obtidos pelo jornal mostram que Sly concordou, há 26 anos,em pagar R$ 4 milhões à meia-irmã, mais uma pensão mensal e vitalícia de mais de R$ 33 mil e, ainda, um depósito anual de R$ 100 mil para gastos psiquiátricos e médicos.

De acordo com o processo, Filiti “afirma as reivindicações por danos pessoais, incluindo lesão corporal” contra Stallone, que “negou vigorosamente e continua a negar todas as reclamações de irregularidades”.

Fontes relataram que a moça ameaçou lançar um processo, mas o acordo foi feito antes de sua ação jurídica. Porém, Filiti faleceu em agosto passado vítima de câncer no pulmão, aos 48 anos.

Jacqueline Stallone, mãe de ambos, afirmou que o acordo foi resultado de chantagem por parte de Toni, a quem descreveu como uma engolidora de comprimidos e viciada em drogas desesperada por dinheiro.

“Toni-Ann tomava 65 comprimidos de OxyContin por dia e ameaçava Sylvester. Um viciado em drogas fará qualquer coisa. Quando ele se tornou famoso, ela não teve que se importar mais. Ele estava tentando ajudá-la. Ele cedeu”, contou a mãe.

“Tinha muitas histórias nesse conflito… Na época (em 1987) ele estava por cima e seus advogados disseram: ‘Dê a ela algum dinheiro para ficar quieta’”, completou Jacqueline.

Porém Edd, o filho de 19 anos de Toni-Ann não aprova essa história.

“Eles fizeram a minha mãe ser a ovelha negra”, e continuou dizendo que a mãe contou as acusações “gritando a respeito várias vezes” enquanto esteve internada na Flórida no ano passado.

“Infelizmente celebridades, políticos e atletas se veem frequentemente na mira de chantagens feitas por membros da própria família e associados que fabricam acusações para extorquir dinheiro”, contou um dos representantes de Stallone.


Getty Images
Toni-Ann, Jacqueline e quem acredita-se ser Edd

Sem mais artigos