Recém-separada do ator Ashton Kutcher, a atriz Demi Moore posou e concedeu entrevista para a edição de fevereiro da revista Harper’s Bazaar. Para a publicação, a artista falou dos seus medos, entre eles, o de não estar conseguindo alcançar seu máximo. “Não há jeito de atingir todo o seu potencial, se você não tem amor-próprio”.

“O que me assusta é que ultimamente eu estou descobrindo, no fim da minha vida, que eu não sou uma pessoa amável, que eu não mereço ser amada, que tem alguma coisa muito errada comigo”, completou.

A veterana afirmou ainda que tem uma relação de amor e ódio com seu corpo e falou sobre sua tão comentada magreza.

“Eu estou atualmente em uma posição de grande aceitação do meu corpo, o que inclui não apenas o meu peso, mas todas as coisas que vão mudando no corpo conforme você vai envelhecendo e estou vivendo esta experiência de ter o corpo extremamente magro”, disse.

“Estou magra como nunca imaginei. Também nunca pensei em escutar as pessoas me dizendo: ‘você está muito magra, você não está bem’”, finalizou.

Sem mais artigos