José Mayer

TV Globo/Divulgação José Mayer

Após gerar bastante polêmica desde a sua publicação, no final da noite de quinta-feira (30), o texto da figurinista Susllem Meneguzzi Tonani, que acusa o ator José Mayer, protagonista da novela A Lei do Amor, da Globo, de assédio moral e sexual, saiu do ar no final da manhã desta sexta (31).

A publicação foi feita através do blog #AGORAÉQUESÃOELAS, hospedado no jornal Folha de S. Paulo, e mostra a suposta vítima afirmando que Mayer abusou dela sexualmente, chegando a agarrar suas partes íntimas, nos bastidores da atual trama das 21h, em fevereiro.

Texto de blog saiu do ar

Reprodução Texto de blog saiu do ar

“Em fevereiro de 2017, dentro do camarim da empresa, na presença de outras duas mulheres, esse ator, branco, rico, de 67 anos, que fez fama como garanhão, colocou a mão esquerda na minha genitália. Sim, ele colocou a mão na minha buceta e ainda disse que esse era seu desejo antigo”, relata ele. Su Tonani também diz que o astro global de 67 anos a chamou de “vaca” em um reencontro dias depois.

Último texto do blog não é o que acusa Mayer

Reprodução Último texto do blog não é o que acusa Mayer

Primeira acusação foi no começo do mês
No dia 3 de março, o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, revelou que uma funcionária da Globo, que seria Susllem, havia acusado José Mayer de assédio. Na ocasião, a vítima não quis se identificar.

A coluna também diz que outra funcionária teria pedido demissão depois que o ator teria lhe agarrado à força no camarim. Na ocasião, a Globo se manifestou: “As relações entre funcionários e colaboradores da Globo se dão em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. O desrespeito no ambiente de trabalho não é tolerado pela emissora. A Globo não comenta assuntos internos”.

Sem mais artigos