O estudante Thor Batista, 20, foi indiciado pela polícia por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, por atropelar e matar o ciclista Wanderson Pereira dos Santos, 30, em uma rodovia do Rio.  A informação é da RJTV, jornal da TV Globo.

O filho do empresário Eike Batista dirigia sua Mercedez prata a 135 km/h no momento do acidente. A velocidade máxima permitida na via por onde trafegava era de 110 km/h.

O Ministério Público vai receber o inquérito da polícia e decidir se faz uma denúncia à Justiça. Em nota, os advogados do estudante disseram que confiam no arquivamento do inquérito policial, tendo em vista que Thor Batista não deu causa ao trágico acidente”.

 

Sem mais artigos