O ator Val Kilmer, que declarou à Justiça americana estar falido, recebeu da empresa de advocacia Executive Consulting mais uma ação judicial alegando que o ator deve a eles a quantia de US$ 500 mil (cerca de R$ 990 mil). As informações foram divulgadas pelo site TMZ neste domingo (03).

A empresa alega que foi contratada por Val em 2011 para defendê-lo judicialmente e ajudá-lo a não pagar seus funcionários alegando falência financeira. Depois que a empresa ganhou a causa, Val não efetuou o pagamento das custas do processo.

Segundo a documentação apresentada por Kilmer no tribunal, ele está com enormes dificuldades financeiras e não pode pagar, mas a empresa quer que a Justiça penhore seu rancho de milhões de dólares no estado americano do Novo México.

O juiz do caso, que definiu um acordo de US$ 128 mil (R$ 253 mil), Kilmer se recusa a pagar e por isso a empresa então decidiu exigir a soma total.

Sem mais artigos