Um toque inusitado para a abertura da exposição M – de Marilyn a Madonna, que acontecerá no dia 27 de agosto, em São Paulo. A socialite Val Marchiori irá encarnar o papel da diva do cinema dos anos 1950 e 60 e promete, segundo ela, fazer uma chegada ao evento de “forma triunfante”.

Val estará dentro de uma limusine cor-de-rosa, (mas cor-de-rosa não é mais uma coisa Paris Hilton que Marilyn ou Madonna?). Pois, bem, vai ser assim mesmo que ela irá chegar na exposição na galeria Roberta Britto.

Outra informação diz que ela chegará abastecida de champanhe, o que é um perigo. Bom, mas do jeito que a socialite diz que gosta e aparece em todo canto com uma taça da bebida, ela já deve ser imune a qualquer efeito. Enfim, vai ser choque de monstro!

A exposição sobre as duas divas, que é beneficente, conta com obras de artistas como Romero Britto, Newton Mesquita, José Gonçalves, Lobo, Sami Akl, Milena Barberis, Raphael Mattera, Dheia Ferrari, Mr Gabriel, Adriana Bertini e Marcelo Magnani.

Sem mais artigos