Quando você pensa em vinho, a primeira ideia que vem na sua cabeça é uma lareira no inverno? Saiba que brancos, rosés, espumantes são ótimos para se tomarem gelados. Consultamos o sommelier Arthur Azevedo, da Art Wine, para dar dicas pra acertar na escolha.

vinho de verão

“Não é porque chegou o verão, que não se pode consumir vinhos. Nessa estação do ano devemos consumir os vinhos brancos, rosés e espumantes, que são servidos gelados, e muito adequados para serem consumidos nos dias mais quentes”, resume Arthur Azevedo, por e-mail.

 Tipos de vinhos que podem ser servidos gelados

Os brancos que podem ser servidos mais gelados, numa temperatura entre 7 a 8 graus, são secos, e não foram envelhecidos em tonel, como Albariño, Sauvignon, Müller Thurgau Verdejo, Moscatel, Torrontes, Malvasia, Riesling, entre outros.

champagne

A palavra “champagne” é protegida, e apenas pode ser utilizada nos vinhos originais da região de mesmo nome na França. Qualquer vinho semelhante, mesmo produzido pelo método champanhês em outros locais ou países só pode usar o nome de “espumante”. Independente da denominação, são vinhos brancos ou rosados com produção natural de gás carbônico, que dá o efeito espumante na bebida.

vinho rosado

Os vinhos rosé ou rosados, não são tão populares no Brasil, mas na Espanha, Portugal, França e Itália, são consumidos em larga escala no verão. Ele combina com massas, pratos muito temperados e picantes, carnes magras, frangos, omeletes. Mas evite a combinação com queijos azuis, como gorgonzola, roquefort, por exemplo, e peixes cozidos.

balde de gelo

“Devemos resfriar os vinhos em baldes com gelo, evitando usar o freezer”, alerta Azevedo, com isso a bebida não perde suas propriedades.

 

Sem mais artigos