O filme Branca de Neve e os Sete Anões cansou seu criador, Walt Disney, que sentia que o eterno destaque dado ao longa-metragem roubava o protagonismo de outras obras.

Numa entrevista à Agência Efe, Diane Disney, de 77 anos, filha do produtor cinematográfico, disse que a “popularidade excessiva” da história da bela princesa incomodava o mestre do cinema de animação.

“Todo mundo ainda fazia referências à Branca de Neve, enquanto ele já estava pensando nos projetos seguintes”, contou.

Diane esteve no museu dedicado à Walt Disney em São Francisco, com motivo do lançamento do DVD e Blu-ray do filme A Dama e o Vagabundo, que conta as aventuras emocionantes de uma adorável e mimada cocker spaniel e de um vira-lata livre e independente com um coração de ouro. Diane descreveu esta obra como “uma história muito realista”.


Sem mais artigos