Yasmin Brunet posou ao lado da mãe Luiza Brunet para a edição de outubro da revista TPM. A modelo já diz começar a sentir o peso de seus 24 anos e já pensa em envelhecimento.

“Não é que me preocupe. Mas, por causa da minha profissão, penso nisso, sim. Sei que sou muito nova, mas, para a profissão de modelo, sou velha. Existe essa cobrança pela idade. Mas com ruga, por exemplo, não tenho a menor preocupação. Acho lindo. Assim como gosto de tatuagem. Acho que tudo isso conta uma história”, disse a namorada de Evandro Soldati.

Já Luiza chega aos 50 anos tranquilamente: “Acho que a mulher madura é tão interessante… Quando você é jovem, tem a coisa da jovialidade, do descompromisso. Mas, depois, quando se fica mais velha, é tão bom… Te dá um poder”.

Mãe e filha conhecem muito bem o mundo da moda e criticam alguns padrões impostos. “Acho horrível a ditadura da magreza, mas as pessoas colocam um véu em cima, fingem que é uma vida de glamour”, contou Yasmin.

Já a ex-modelo declarou: “Acho que o mundo da moda já começou a pensar mais. Mas tem que ser ainda mais generoso com a mulher. E tem outra: acho que um bom estilista veste qualquer corpo. O que é ruim é que precisa da modelo magra”.

Sem mais artigos