O piloto espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, disse nesta quinta-feira que está em “uma posição realmente boa” para conquistar o seu terceiro título no Mundial de Fórmula 1 e que o GP da Índia, que será disputado neste final de semana, pode ser o momento em que a Red Bull tenha uma queda de rendimento.

“Estamos em uma posição que era esperada”, afirmou o bicampeão em entrevista coletiva em Buddh.

Alonso ressaltou que tem “esperança de fazer uma boa corrida”, apesar de não ter “o carro mais rápido”.

“A Red Bull tem o carro mais rápido, sim. Também tinham em 2011, eram muito mais rápidos do que os demais e mesmo assim, nas últimas três ou quatro corridas, fizemos mais pontos do que eles”, disse o piloto espanhol.

“Agora restam três ou quatro corridas e só temos que fazer sete pontos a mais do que ele. Acho que podemos fazer, porque eles não têm a vantagem que tinham no ano passado”, acrescentou.

Segundo o espanhol, “todas as escuderias têm tido momentos bons e ruins” durante esta temporada, por isso que confia que após “três corridas consecutivas tendo bom desempenho, chegará um momento em que a Red Bull caírá”.

Alonso disse que acha possível tirar o título de Vettel nas últimas corridas.

“Independentemente do que aconteça aqui ou em Abu Dhabi, se chegarmos no Brasil com uma diferença de menos de 24 pontos, chegaremos pensando que podemos ser campeões”, disse.

O espanhol disse que ficou feliz que a Ferrari tenha anunciado a renovação de seu companheiro, Felipe Massa, após rumores que apontavam a uma possível contratação do alemão Sebastian Vettel.

“Estou contente por ele e pela equipe, podemos dar continuidade no trabalho”, disse o piloto.

Sem mais artigos