O espanhol Fernando Alonso, bicampeão do mundo de Fórmula 1 e que neste domingo (13) terminou em quarto no Grande Prêmio do Japão, superou o alemão Michael Schumacher no ranking dos maiores pontuadores da história da modalidade.

Alonso, que somou doze pontos em Suzuka, contabiliza agora 1.571 pontos, cinco a mais do que Schumacher. O recorde do espanhol, no entanto, surge com o novo sistema de pontuação, em vigor desde 2010, que distribuiu uma quantidade de pontos maior que os anteriores.

“Ver meu nome liderando o recorde de pontos de um esporte como a Fórmula 1 é algo que eu nunca imaginei. Obrigado a todos”, disse Alonso em sua conta no Twitter.

Após a prova, o espanhol disse que estava “muito contente por ter batido este recorde”, que, segundo ele, enaltece suas características de ser um “piloto que está sempre pontuando e lutando por campeonatos”.

“Obviamente, mudou o sistema de pontuação”, admitiu o piloto da Ferrari, “mas quando outro me superar dentro de alguns anos, ninguém falará do sistema de pontuação”.

Sem mais artigos