A equipe Williams de Fórmula 1 informou nesta segunda-feira que apenas um de seus funcionários permanece internado após o incêndio na garagem da escuderia no Circuito da Catalunha, que ocorreu pouco tempo depois da disputa do Grande Prêmio da Espanha.

A Williams informa que dois integrantes da equipe – ambos internados por inalação de fumaça – receberam alta e já estão em suas casas, enquanto um funcionário “permanece hospitalizado na Espanha devido aos ferimentos e queimaduras sofridos no incidente”.

“Ele está estável e voltará ao Reino Unido nas próximas 48 horas para ser submetido a outros cuidados médicos. Seus parentes estão em permanente comunicação e ele se encontra motivado”, acrescenta a equipe.

A equipe Williams também confirmou que “está desenvolvendo uma investigação, em colaboração com a FIA e as autoridades locais, para determinar as causas do incêndio” e agradece a todos “pelo apoio recebido nas últimas 24 horas”.

Sem mais artigos