A Apple foi obrigada a publicar uma retratação pública dizendo que, ao contrário do que a empresa afirmava, a Samsung não copiou o design do iPad. As duas empresas travavam uma disputa na justiça inglesa. A decisão da Suprema Corte do Reino Unido foi favorável à Samsung.

Mas a empresa coreana não tem muitos motivos para comemorar. A mesma acusação – de plágio – foi feita à justiça norte americana, cujo veredicto saiu em agosto deste ano. No processo americano, a Samsung não só perdeu como foi condenada a pagar uma indenização de US$ 1,05 bilhão em danos a rival. A empresa recorreu à decisão.

No capítulo inglês da batalha entre as gigantes dos smartphones, a Apple perdeu e soltou um comunicado esta semana em seu site. Provocativa, a nota usa as palavras do juiz ao esclarecer que o plágio não existiu até por que o tablet da Samsung não é ‘tão bacana’ como o da Apple.

Sem mais artigos