O britânico Jenson Button, da McLaren, marcou nesta quarta-feira o melhor tempo no segundo dia de testes oficiais da Fórmula 1, que acontecem no circuito de Jerez de la Frontera, e que teve o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, da Red Bull, ocupando a última posição.

Button cravou o tempo de 1min24s165, quase três segundos mais rápido que o obtido pelo finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari. O Homem de Gelo foi o mais rápido do primeiro dia de atividades com
1min27s104.

Depois de uma manhã de céu nublado, em que as equipes aproveitaram para molhar artificialmente a pista, e assim rodar com os novos compostos de chuva da Pirelli, os tempos começaram a baixar
de maneira progressiva a partir de 12h (hora local).

Durante a sessão houve três bandeiras vermelhas por incidentes com os carros dos mexicanos Esteban Gutiérrez (Sauber) e Sergio Pérez (Force India), e também com o do sueco Marcus Ericsson (Caterham).

Depois de Button, completaram a sessão, em ordem: Raikkonen, o finlandês Valtteri Bottas, da Williams, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, Pérez, Gutiérrez, Ericsson e Vettel.

O atual campeão, aliás, segue praticamente sem atuar, totalizando 11 voltas, três ontem e oito hoje. Na sessão desta quarta, abandonou por problemas técnicos. Amanhã, Vettel nem deve ir a pista,
substituído pelo australiano Daniel Ricciardo, segundo piloto da Red Bull.

O piloto que deu mais voltas nesta segunda sessão foi Rosberg, com 97, número bem maior do que o Raikkonen, que ontem deu 30. Não participaram desta sessão, apesar disto estar previsto no
calendário de testes, as escuderias Toro Rosso e Marussia.

Vettel lamenta

O alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, lamentou não ter conseguido dar muitas voltas nos dois primeiros testes de pré-temporada da Fórmula 1 neste ano, devido a problemas no seu carro.

“Não demos muitas voltas e temos alguns problemas para resolver, mas com as grandes mudanças na regra é normal ter problemas de adaptação. É para isso que são os testes, para resolver estas questões”, disse o piloto, por meio do perfil no Twitter da escuderia.

Depois de ter dado três voltas ontem e oito hoje, Vettel sairá de cena nesta quinta-feira (30). Quem testará a Red Bull nos dois últimos dias de atividade desta semana no circuito de Jerez de la Frontera é o australiano Daniel Ricciardo.

Raikkonen minimiza tempos e mira evolução

Mais rápido nos testes de pré-temporada da Fórmula 1 e segundo colocado nesta quarta, o piloto finlandês Kimi Raikkonen se disse pouco preocupado com os tempos que vem obtendo e que seu foco está em melhorar o carro da Ferrari após as grandes mudanças previstas no regulamento para 2014.

“Toda vez que vamos à pista aprendemos algo novo. Nesta semana, os tempos não importam, e a única coisa que conta é dar um bom número de voltas sem problemas e, com sorte, nós conseguimos isso nos dois dias”, comentou o campeão mundial de 2007.

Raikkonen deu 47 voltas no Circuito de Jerez nesta quarta e obteve o tempo de 1min24s812, ficando atrás apenas do britânico Jenson Button, da McLaren. Apesar da boa posição, ele acredita que o carro estará melhor na segunda semana de testes, de 19 a 22 de fevereiro, no Bahrein.

“A equipe está trabalhando duro, e nos próximos testes, no Bahrein, continuaremos nossa evolução”, acrescentou o finlandês, que nesta quinta dará lugar a seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso.

Classificação da segunda sessão de treinos livres de pré-temporada, em Jerez:

.1. Jenson Button (GBR/Mclaren) 1min24s165 (43 voltas)
.2. Kimi Raikkonen (FIN/Ferarri) 1min24s812 (47)
.3. Valtteri Bottas (FIN/Williams) 1min25s344 (35)
.4. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1min25s588 (97)
.5. Sergio Pérez (MEX/Force India) 1min28s376 (37)
.6. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) 1min33s270 (53)
.7. Marcus Ericsson (SUE/Catherham) 1min37s975 (11)
.8. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) 1min38s320 (8)

Sem mais artigos