O Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos Estados Unidos (USPTO, na sigla em inglês) rejeitou um pedido da Apple para patentear seu iPad mini, informaram neste domingo blogs especializados em tecnologia como o “CNet”.

A USPTO informou sua decisão em carta enviada a Apple no último mês de janeiro na qual argumenta sua rejeição pelo fato de o termo “mini” ser “meramente descritivo”.

Segundo esse escritório, “a marca” que a Apple solicita patentear para ter seu monopólio comercial “se limita a descrever uma função ou característica” e, portanto, não cria “um significado único”.

A companhia fundada pelo falecido Steve Jobs ainda pode apelar da decisão das autoridades americanas.

A Apple apresentou em outubro do ano passado o iPad Mini, uma versão menor, mais leve e barata de seu popular aparelho, com serviços parecidos aos do iPad 2 e com o qual quis entrar em um mercado de tablets de bolso dominado pelo sistema Android do Google.

EUA negam patente ao iPad Mini da Apple

Sem mais artigos