Mesmo longe das pistas desde 2012, quando se aposentou do automoilismo pela segunda vez, o ex-piloto Michael Schumacher segue faturando milhões com patrocínios. O heptacampeão de Fórmula 1 renovou seu vínculo contratual com a marca Deutsche Vermögensberatung (DVAG) e vai faturar € 21 milhões (aproximadamente de R$ 66 milhões) pelos próximos sete anos.

Segundo o jornal alemão Blid desta segunda-feira (02), Schumacher vai receber anualmente € 3 milhões (quase R$ 10 milhões) até 2020 apenas para usar o boné com o logo da marca em eventos públicos.

Atualmente com 44 anos de idade, Schumacher é patrocinado pela Deutsche Vermögensberatung (DVAG) desde 1996, quando tinha 27 anos e se transferiu para a Ferrari.

Sem mais artigos