O Facebook construiu seu negócio a partir do incentivo para que os usuários criassem suas identidades verdadeiras na rede social e, consequentemente, rejeitassem o anonimato. Mas, isso tudo pode mudar.

Mark Zuckerberg já havia revelado em entrevista à Bloomberg Businessweek que, futuramente, alguns aplicativos da empresa poderão aceitar login anônimo. E essa semana surgiram rumores de que a rede social estaria conversando com a Secret, empresa que possui um aplicativo que permite que os usuários compartilhem segredos de forma anônima, a fim de firmar algum tipo de parceria.

Segundo informações do Daily Mail, o Facebook teria oferecido US$ 100 milhões pela empresa, mas o negócio não foi fechado.

Diante disso, a expectativa é de que o Facebook diversifique sua área de atuação e passe a ter uma política mais aberta para aqueles usuários que, por algum motivo, preferem não se identificar.

Sem mais artigos