O fotógrafo francês Dani Olivier, que mora em Paris, resolveu fazer uma série de retratos de modelos nuas, mas quis fazer uma aposta diferente. Em vez de simplesmente trabalhar com a iluminação do estúdio, ele usou as próprias modelos, que também são dançarinas, como telas para projetar imagens sobre seus corpos nus.

“O corpo da mulher é lindo e eu estou trabalhando para produzir belas imagens. O corpo é eterno. Ele tem 10 mil anos e tem as mesmas curvas, o mesmo ritmo e é algo admirável. Eu desenvolvi minha técnica há oito anos. Sabia que havia bastante potencial e quis experimentar com as luzes e formas”, disse ao jornal Huffington Post.

Sem mais artigos