Todo ano a Campus Party elege um tema para tratar com prioridade. Em 2011 será a Geolocalização. O nome ainda diz pouco para você? Pois saiba que se trata de uma série de serviços e aplicativos baseados na localização do usuário.

A Geolocalização foi um dos temas mais quentes de 2010 e é apontada por muitos especialistas como o futuro da internet. E, 2011, o assunto será debatido em uma mesa redonda comandada por Luli Radfaher. “Ao contrário de outros serviços e produtos, a geolocalização vai manifestar novos símbolos de status”, comenta o fundador da Hipermídia, uma das primeiras agências de comunicação digital do país.

Pensando no futuro, Facebook e Twitter correram para criar seus próprios serviços – Facebook Places e Google Latitude. Mas o grande sucesso é mesmo o FourSquare, uma rede social que mostra onde seus usuários estão. A participação não poderia ser mais simples: basta se cadastrar e “bater ponto” nos lugares que freqüenta. Assim, pode ser encontrado por amigos ou dar dicas do que fazer, lugares para jantar ou apenas tomar um bom café. A expectativa é que o aplicativo alcance a marca de um milhão de usuários em pouco mais de um ano, ou seja, metade do tempo levado pelo Twitter para atingir o mesmo número.

Participam da mesa redonda Breno De Masi, a primeira pessoa do mundo a desbloquear um iPhone 3G, Leo Xavier, pioneiro no mercado de mobile marketing brasileiro, Fernanda Magalhães, gerente de Mobile Marketing da Mobext Brasil, e Rafael Siqueira, criador e executivo do site de localização Apontador.

Sem mais artigos