Um dos atuais investimentos do Google é o desenvolvimento de redes sem fio de alta velocidade em regiões da África Subsaariana e do sudeste asiático. 

A ideia é que as regiões sem conexão possam ter acesso à tecnologia e as cidades que já possuem internet consigam uma velocidade mais rápida. Assim, em média, 1 bilhão de pessoas poderão estar conectadas.

Segundo fontes ouvidas pelo jornal Wall Street Journal, o Google poderia usar balões dirigíveis capazes de transmitir sinal de internet para longas distâncias. O uso de um mix de tecnologias, como satélites e antenas de rádio, está no horizonte da empresa.

A empresa não quis comentar o tema, mas de acordo com o jornal americano, o Google planeja trabalhar em conjunto com companhias locais de telecomunicações e fornecedores de equipamentos de mercados emergentes. E, ao mesmo tempo, também ajudaria a desenvolver um modelo de negócio regional.

Além dos balões dirigíveis, o Google poderia usar a frequência de ondas de rádio reservadas para redes de televisão para criar as redes. Isso, se os governos locais permitirem.

Sem mais artigos