Grooveshark é um site que oferece streaming de músicas gratuitamente. Com um visual que lembra um player de música – como o Windows Media Player e o iTunes – o serviço de música grátis é adorado pelos internautas e odiado pelas gravadoras.

Para não terem problemas judiciais a Google e a Apple haviam proibido o aplicativo do player de música on-line em seus aparelhos. Mas a equipe de desenvolvedores do Grooveshark deu a volta por cima e consegui retornar a plataforma móvel.

A estratégia foi simples. Como estava proibido de criar um aplicativo próprio para smartphones, a empresa criou um player em HTML5 – linguagem de programação utilizada na web que permite, entre outras coisas,  rodar conteúdo multimídia sem a necessidade de um flash player.

Portanto, qualquer celular com um browser pode acessar a versão mobile do Groveshark. A única maneira de barrar o player é barrando a própria internet, ou se alguma gravadora por meio de um processo judicial conseguir proibir o serviço como um todo, independente da plataforma utilizada. Engenhoso, não?

Sem mais artigos