O inglês Lewis Hamilton afirmou nesta quinta-feira no circuito de Austin, onde neste domingo acontecerá o Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1, que está muito feliz com a decisão de deixar a McLaren ao fim desta temporada rumo à Mercedes, onde substituirá o heptacampeão Michael Schumacher.

Dessa forma, o piloto respondeu às declarações do chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, que disse que Hamilton cometeu um erro ao trocar a escuderia inglesa pela alemã.

“Essas declarações me surpreenderam porque não é assim. Sei que cada um dentro da equipe (McLaren) tem suas próprias emoções, mas eu estou muito feliz com a decisão que tomei”, disse o inglês, que chegou à McLaren em 2007 e foi campeão mundial pela equipe no ano seguinte.

Embora esteja em quinto lugar na temporada e já não tenha chances de título, Hamilton garantiu que lutará para vencer em Austin e no circuito de Interlagos, na próxima semana.

“A única coisa que quero agora é fazer o melhor trabalho possível. Não podemos almejar o campeonato, mas temos a opção de lutar para vencer as corridas”, destacou.

Sem mais artigos