Felipe Massa (Ferrari) descartou neste sábado (25) a possibilidade de realizar qualquer manobra antidesportiva para tirar do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 o alemão Sebastian Vettel, que disputa com o título da temporada com o companheiro de equipe do brasileiro, o espanhol Fernando Alonso.

“Sempre fui uma pessoa honesta, um piloto honesto e vou continuar sendo. Acho que meu limite é o limite do regulamento, e para ultrapassar vou fazer tudo dentro desse limite”, garantiu Massa.

O brasileiro descartou também uma ação por parte da Ferrari parecida com a do GP dos Estados Unidos, quando a escuderia italiana mexeu no câmbio do carro de Massa para que ele perdesse cinco pontos no grid, beneficiando Alonso.

“Não acho que exista essa possibilidade para amanhã (domingo). Em Austin, se tratava de uma corrida diferente, aconteceu por questões de aderência e quem largasse do outro lado poderia perder posições”, explicou.

Sem mais artigos