A Microsoft apresentou nesta segunda-feira em San Francisco sua nova versão de seu conjunto de programas Office feito para o próximo sistema operacional Windows 8 compatível com tablets e computadores pessoais.

O executivo-chefe da empresa, Steve Ballmer, disse que se trata do “lançamento mais ambicioso da Microsoft Office” da história.

A companhia frisou na apresentação o uso dos tradicionais Word e PowerPoint, que poderão ser utilizados com a ponta dos dedos ou com uma caneta digital e que devido à integração com a internet os documentos são guardados em nuvem.

O novo Office, que ainda não teve seu nome nem data de lançamento revelado, requererá uma conta de usuário para poder fazer uso da nuvem assim como abrir os documentos de trabalho de qualquer dispositivo com Windows 8, seja telefone celular, tablet ou computador pessoal.

Os programas Word, Excel, Outlook, OneNote e PowerPoint se transformam em uma aplicação mais do Windows, com um desenho mais simples, no qual os ícones se encontram minimizados e se ativam com a ponta dos dedos.

No Word, por exemplo, foi criado um sistema de leitura que adapta os documentos ao tipo de dispositivo e transforma em uma tarefa intuitiva inserir imagens e adaptá-las ao tamanho e à localização desejada.

A versão de teste do “moderno Office”, como o chamou Ballmer, está disponível desde hoje para os clientes por meio do site office.com/preview.

A companhia mostrou também uma tela touchscreen de 80 polegadas criada para demonstrações, reuniões de empresa e videoconferências nas quais podem ser realizadas apresentações de Office.

Ballmer elogiou o potencial da tela embora reconheceu que ainda é preciso “trabalhar para diminuir seu preço” e torná-lo atrativo para o consumo.

O executivo-chefe afirmou que a Microsoft está num momento de renovação como o que experimentou em 1995 com a versão mais “vibrante e excitante” do Windows e Office em anos.

A Microsoft apresentará oficialmente Windows 8 em outubro, mês no qual deverá apresentar todos os detalhes de sua nova linha de produtos adaptados para o novo sistema operacional. 

Sem mais artigos