Tricampeão mundial e atualmente exercendo a função de diretor não executivo da Mercedes, o austríaco Niki Lauda tentou nesta segunda-feira (21) conter a euforia na escuderia alemã com os bons resultados obtidos no começo da atual temporada da Fórmula 1 e lembrou que o campeonato ainda pode passar por mudanças.

“Tudo vai bem, mas cuidado, faltam muitas corridas. As Red Bull são famosas por seus retornos e têm Adrian Newey. Ele não foi à China e por isso temo que esteja preparando algo novo para Barcelona”, declarou Lauda após a disputa do Grande Prêmio da China.

A prova disputada em Xangai neste domingo, a quarta do calendário de 2014, teve a quarta vitória da Mercedes no ano, a terceira do britânico Lewis Hamilton. O campeão de 2008 está em segundo lugar no mundial, com quatro pontos a menos que o companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg.

“As coisas podem se complicar em muitos sentidos, mas pelo menos não foi o começo ruim para nós”, acrescentou o tricampeão, que acredita que o GP da Espanha, daqui a três semanas, servirá para mostrar se o favotismo da Mercedes é mesmo grande.

“Minha principal preocupação é que continuemos trabalhando. Não podemos relaxar e dizer que somos os melhores. Isso não acontecerá. O mais importante são as três próximas semanas, porque todos terão novidades”, considerou.

Sem mais artigos