A Pirelli, fornecedora dos pneus do Mundial de Fórmula 1, anunciou nesta quinta-feira (25) mudanças na composição dos pneus duros a partir do Grande Prêmio da Espanha, que será disputado no circuito de Montmeló, no dia 12 de maio.

O diretor esportivo da empresa, Paul Hembery, afirmou em comunicado que após examinar o comportamento dos pneus nas primeiras corridas, e após consultar todas as equipes, a fabricante decidiu produzir um novo pneu duro para o restante da temporada.

Segundo Hembery, essa última versão do composto duro é muito parecida com a de 2012 e dará às equipes a oportunidade de ampliar sua gama de estratégias em combinação com os outros pneus, que não serão alterados.

Na Espanha, serão utilizados os compostos duro e médio, que a Pirelli considera corresponderem perfeitamente às exigências do traçado na Catalunha. Para o GP de Mônaco, no dia 26 de maio, a fabricante levará o macio e o supermacio, a mesma combinação que nas provas anteriores no principado.

A última prova a já ter os compostos definidos é a do Canadá, em 9 de junho, que terá pneus médios e supermacios, atendendo a temperatura e as especificações do circuito de Montreal.

Sem mais artigos