A Fórmula 1 está prestes a passar por uma revolução que poderá mudar de vez a categoria já na próxima temporada. De acordo com o ex-presidente da Williams, Adam Parr, a possibilidade de algumas equipes colocarem três carros no grid no ano que vem é muito grande. Além disso, ele revelou, em seu perfil no Twitter, no último domingo (07), que três escuderias deixar a categoria, que ficará com apenas oito equipes.

“Este é o último ano da F1 como nós a conhecemos. Em 2015, oito equipes vão disputar o campeonato, com várias delas entrando com três carros”, disse Parr no Twitter. 

 

Com sério problemas financeiros, Lotus, Sauber, Marussia e Caterham são as candidatas a deixarem o grid já na próxima temporada. Das quatro, a que mais surpreende é a Lotus, que chegou a disputar o pódio em algumas corridas até o ano passado, mas acabou relegada ao final do grid por uma longa crise financeira.

Com a possibilidade iminente da saída de três a quatro equipes da F1 e a chance de ter três carros de Ferrari, Mc Laren, Williams e Mercedes no grid, a categoria realmente passaria por uma grande mudança. Resta saber, porém, se será uma revolução ou mais uma confusão na modalidade, que vem sofrendo com as alterações drásticas dos últimos anos.

Com as mudanças ou não, a única certeza da F1 para 2015 é o seu calendário. A FIA divulgou nesta segunda-feira (08) o pré-calendário para a temporada do ano que vem e a grande novidade é a possibilidade de regresso do GP do México à programação – que passaria a ter vinte etapas. A provaestá prevista para acontecer em outubro do ano que vem. Já o GP do Brasil, assim como este ano, será a penúltima prova da temproada.  

Veja abaixo o calendário completo da F1 para 2015:

15/3 – GP da Austrália (Melbourne)
29/3 – GP da Malásia (Sepang)
05/4 – GP do Bahrein (Sakhir)
19/4 – GP da China (Xangai)
10/5 – GP de Espanha (Barcelona)
24/5 – GP do Mônaco (Monte Carlo)
07/6 – GP do Canadá (Montreal)
21/6 – GP da Áustria (Spielberg)
05/7 – GP da Grã-Bretanha (Silverstone)
19/7 – GP da Alemanha (Nürburgring)
26/7 – GP da Hungria (Hungaroring)
23/8 – GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)
06/9 – GP de Itália (Monza)
20/9 – GP de Cingapura (Marina Bay)
27/9 – GP do Japão (Suzuka)
11/10 – GP da Rússia (Sochi)
25/10 – GP do México (Hermanos Rodriguez)
01/11 – GP dos EUA (Austin)
15/11 – GP do Brasil (Interlagos)
22/11 – GP de Abu Dhabi (Yas Marina)

 

Sem mais artigos