O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, não escondeu a empolgação após garantir neste sábado a pole position do Grande Prêmio do Bahrein, ficando a frente do compatriota e líder do Mundial de Fórmula 1, Sebastian Vettel, da Red Bull.

“É uma grande conquista para toda a equipe terminar os treinos com o melhor tempo e conseguir a pole. Antes, não esperava que poderíamos ser o carro mais rápido e me surpreendi. O resultado foi fantástico”, comentou.

Esta será a segunda vez que Rosberg largará no primeiro lugar em um GP – a estreia na pole foi no GP da China da última temporada. O alemão percorreu os 5.412 metros do circuito de Sakhir em 1 minuto, 32 segundos e 330 milésimos, em sua melhor volta no Q3.

“É a primeira vez que fazemos uma qualificação mais ou menos normal. Tudo é mérito da equipe, que esteve trabalhando toda a noite para resolver os problemas que tivemos ontem (nos treinos livres). Graças a eles, hoje pudemos conseguir o melhor tempo”, disse o piloto da Mercedes.

“A corrida de amanhã será outra história, nós sabemos, mas estou preparado. A prova será dura, sabemos que há outras equipes melhores do que nós nas retas. Será um desafio estar à frente, mas sair na pole ajuda”, comentou Rosberg.

Companheiro do alemão, o britânico Lewis Hamilton, fez o quarto melhor tempo, mas sairá no nono lugar, devido à punição de cinco posições pela troca da caixa de câmbio, após o término do terceiro treino livre.

“Não foi o melhor dia para mim, é preciso parabenizar Nico, que foi muito bem. Conseguir duas poles seguidas (a de Nico hoje, e a do próprio Hamilton na China) é uma grande conquista para equipe”, garantiu o campeão mundial.

Rosberg comemora pole e agradece trabalho da equipe no GP do Bahrein

Sem mais artigos