Com futuro incerto para 2012, o piloto Rubens Barrichello mantém a esperança de correr na Fórmula 1. Em declaração à revista “Alfa”, o brasileiro prefere manter a positividade.

“Eu sou um ‘believer’”, afirmou o piloto. “Gosto de pensar positivo e acreditar até quando ninguém mais acredita”, complementou.

Para finalizar, o brasileiro fez questão de negar a imagem de “medroso” que muitas vezes é divulgada.

“Quero deixar uma coisa bem clara: Não tenho nada de chorão, e, se Deus quiser, estarei no grid em 2012”, completou.

Sem mais artigos