Os proprietários da Hispania não conseguiram encontrar novos donos para a equipe e, com o fim do prazo de inscrições estipulado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), a escuderia espanhola não vai disputar o Campeonato Mundial de Fórmula 1 em 2013.

A FIA deu até esta sexta-feira para a confirmação da participação dos times para a próxima temporada. Colocada à venda no mês passado, a Hispania só participaria se conseguisse um novo proprietário, senão, seria extinta.

A Hispania foi criada em 2010, pelo ex-piloto espanhol Adrián Campos. Antes mesmo de estrear, a equipe passou a ser controlada por Colin Kolles, ex-chefão da Jordan. Em 2011, ele vendeu a escuderia para o fundo Thesan Capital. Nesta temporada, o espanhol Pedro de la Rosa e o indiano Narain Karthikeyan defenderam a equipe.

Sem mais artigos