Televisores mais finos e com melhor resolução e a nova geração de notebooks, os ultrabooks, serão os protagonistas da maior feira eletrônica do mundo, a Consumer Electronics Show (CES) de Las Vegas, que começa nesta segunda-feira marcada pela despedida da gigante Microsoft do evento.

Muitos especialistas já batizaram 2012 como o ano dos sistemas OLED e AMOLED, a promissora tecnologia de telas, mas que deve se consolidar nesta CES com o lançamento das telas de grande formato, como a de 55 polegadas, já anunciada pela LG.

Os altos custos tornavam até agora inviável o sucesso dessa revolução, que permite fabricar televisores ultrafinos com uma intensidade na representação de cores, que os tornam tão desejados e que certamente chamarão a atenção dos participantes dessa CES, que termina no próximo dia 13.

A melhora nos processadores, o desenvolvimento de novos aplicativos e o possível anúncio da esperada Google TV transformaram o conceito da televisão conectada um dos assuntos mais comentados da feira que ameaça revolucionar a televisão tradicional com novos componentes, como as imagens 3D sem óculos e o controle por gestos e voz.

Ultrarrápidos e com as últimas novidades em processadores, oferecendo as mesmas funções de um computador de mesa, os ultrabooks são a resposta da indústria ao MacBook Air da Apple e parecem ter os elementos necessários para enfrentar a popularidade dos tablets, as grandes estrelas da CES 2011, que voltarão acompanhadas da última versão do sistema operacional do Google, o Ice Cream Sandwich do Android, e com o inédito Windows 8.

Previsões à parte, se essa edição da CES tiver que ser lembrada, será pela anunciada despedida da Microsoft, que pela última vez em 2012 ocupará um dos espaços mais amplos da feira e personalizará a inauguração com o discurso do presidente da companhia, Steve Ballmer.

Devido à proximidade da CES com os lançamentos de Natal, a Microsoft anunciou há alguns meses que em 2013 não participará da feira, mas sua presença neste ano chegará tão cheia de novidades como nas edições anteriores, com mais detalhes do sistema operacional Windows 8, a apresentação de novos telefones equipados com Windows Phone e conexão 4G, e notebooks com seu software.

Os consoles também estarão em evidência em Las Vegas pelas mãos da Sony PlayStation e seu PSVita, os novos jogos e funções para Kinect, o sensor de movimentos sem comandos da Xbox, e o inovador Wii U, que transforma o conceito de jogo em dupla tela em realidade graças a seu comando em forma de tablet.

As aplicações das energias renováveis em casas, as tentativas dos fabricantes de máquinas fotográficas para se atualizarem diante da aposta dos celulares com câmera, eletrodomésticos e carros elétricos serão os outros protagonistas dessa CES.

Os organizadores da feira, a Consumer Electronic Association (CEA), calculam que mais de 140 mil pessoas visitarão os mais de 167 mil metros quadrados de exposição, que se intitula neste ano a CES mais sustentável e ecoamigável realizada até o momento

Televisores, ultrabooks e adeus da Microsoft são destaques da feira CES

Sem mais artigos