A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.

Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.

“Só durante as captações em plantações de ervas de chá e morango, ele gastou quatro pares de tênis”, disse um porta-voz do Google o site Mashable.

 

Tailandês fez viagem impressionante para captar país com Google

A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.
A missão era árdua e o Google escolheu a pessoa certa. O triatleta Panupong Luagsa-ard foi o responsável por registrar 150 lugares da Tailândia para o serviço do Google Maps. Para lugares onde não existe acesso por carro, o Google usa uma mochila que pesa 18kg que capta imagens em 360º graus.  Todo o processo demorou mais de dois anos e o triatleta viajou cerca de 500 mil km em diferentes meios de transporte para chegar em todos os lugares onde fez captações. Desta quantia viajada, ele caminhou 500 km neste período.

Triatleta viajou 500 mil km para capturar a Tailândia para Google Maps

Sem mais artigos