Na sétima edição do Video Games Live no Brasil, o HSBC, local que recebeu Tommy Tallarico e sua trupe na noite deste domingo (21) em São Paulo, mais uma vez esteve lotado. Na plateia, famílias, casais e grupos de amigos de todas as idades, vibraram com as músicas clássicas dos videogames que marcaram e ainda seguem marcando gerações.

O evento reúne músicas dos games mais populares e tem a presença ao vivo de orquestra sinfônica, coro, solistas, vídeos exclusivos, arranjos musicais, iluminação sincronizada, percussionistas eletrônicos e tudo isso, obviamente, conta com a interação de quem está na plateia. Ano após ano o público volta para assistir ao espetáculo mais uma vez.

“Esse show é como uma banda que não pode sair do palco sem tocar as músicas consagradas, portanto todo ano a gente vem exatamente para ouvir os sucessos e fica na expectativa pelas novidades e pelos convidados especiais”, conta Felipe Gusci, que assim como tantas outras pessoas, bate carteirinha no show todo ano.

No palco do evento, Tommy Tallarico, um compositor veterano da indústria mundial dos videogames, explica que trilha de videogames vai muito além de barulhos como “blips e blops” e convida o público para mais uma noite animada ao som de clássicos. Essas músicas podem até não terem tocado em rádios, mas ainda assim são consideradas grandes sucessos para milhares de pessoas ao redor do mundo.

O italiano Emmanuel Fratianni, pianista, compositor de jazz e maestro, foi novamente o regente convidado da turnê brasileira à frente da Orquestra Sinfônica Villa-Lobos. Fratianni, foi o responsável pela trilha do filme “O Espetacular Homem Aranha” e seu álbum “Classics Video Game Live, Vol. 1” tornou-se o primeiro de música de videogame a atingir o ranking dos dez CDs mais vendidos da revista “Billboard”.

Russell Brower, vencedor de três Emmy Award e compositor da trilha sonora do maior jogo online do mundo, World of Warcraft, também voltou ao Brasil para reger alguns de seus sucessos.

Laura Intravia, que ficou conhecida como “Flute Link” na internet, tocando músicas da série “The Legend of Zelda” numa flauta transversal, também esteve de volta à turnê brasileira, interpretando as músicas que a tornaram famosa e dando voz à outros sucessos como “Super Smash Bros” e “God of War”.

A novidade do ano ficou por conta da participação de Austin Wintory, responsável pela música de Journey, que assumiu o comando da orquestra para tocar sua composição.

Nerds assumidos e com muito orgulho, o público ali presente se divertiu, cantou junto, aplaudiu e vibrou com os sucessos, assim como fãs de qualquer banda consagrada. A diferença é que as camisetas usadas eram de personagens de jogos e nas mãos, além de câmeras, alguns também carregavam videogames portáteis.

“Ser nerd, sem o sentido pejorativo que tinha antigamente, significa ser uma pessoa estudiosa, que gosta de tecnologia e de cultura pop. É uma pessoa inteligente, antenada sobre tudo o que acontece. Esta é sétima vez que eu venho e estou na expectativa para que eles toquem novas músicas”, contou Cleber Cassol.

Confira o line-up completo do show:

Castlevania (Medley)
Megaman
Kingdom Hearts
Shadow of the Colossus
Donkey Kong Country
Super Smash Bros.
Final Fantasy VII
Journey
God of War
Street Fighter
Flute Link (Medley de músicas de “Legend of Zelda”)
Sonic
World of Warcraft: Cataclysm 
World of Warcraft: Mists of Pandaria
Metal Gear Solid
Flute Mario (Medley de músicas do Mario)
Earth Worm Jim
Chrono Trigger
Chrono Cross
Pokémon
Skyrim
Portal – Still Alive

Sem mais artigos