O australiano Mark Webber, piloto da Red Bull, negou no circuito de Mugello (Itália) que tenha assinado um compromisso com Ferrari para 2013, como haviam informado alguns meios da imprensa, que o citavam como o substituto do brasileiro Felipe Massa na escuderia italiana.

Segundo essas informações, Webber, de 35 anos, seria companheiro do espanhol Fernando Alonso em 2013, e um ano depois daria lugar ao mexicano Sergio Pérez, atualmente na Sauber.

“Sergio era o favorito para pilotar a Ferrari na semana passada, agora sou eu”, comentou com ironia Mark Webber ao ser questionado pelos jornalistas durante a segunda jornada de treinamentos no circuito de Mugello.

Webber preferiu falar do presente campeonato. “Estou 100% concentrado na temporada atual, fazendo o melhor trabalho possível para mim e para a Red Bull. Não desperdiçarei energia em nada mais”.

“Temos toda uma temporada pela frente antes de começar a pensar em nosso futuro. Um dia se fala em Jenson (Button) na Ferrari, depois em Sergio, agora eu. Não assinei nada. Só penso na minha equipe”, avaliou Webber.

Sem mais artigos