O americano Kevin Cotter ficou com um presente de grego quando se separou da ex-mulher. O casamento de 12 anos terminou quando a mulher saiu de casa levando todos seus pertences e deixando para trás apenas o vestido de noiva.

Cotter insistiu para que a mulher levasse a caixa com a roupa, mas ela disse que ele podia fazer o que quisesse com ele. E aí, o que fazer com um trambolho desses ocupando espaço no armário? Muitas coisas! Desde lavar o carro, escorrer macarrão, vestir um espantalho, praticar yoga, torcer para o time de baseball, pular corda, e por aí vai.

A ex-mulher disse que não ficou chateada. E mesmo que estivesse já não daria tempo de reclamar. Com manchas de óleo, terra, tinta e “otras cositas más”, o vestido já não tem a menor condição de ser usado.

Que desperdício, com tanta gente querendo se casar e sem dinheiro para comprar seu vestido, não é mesmo? Cotter explica que quando descobriu que poderia ter doado o vestido, este já não estava em condições. Mas deixou em sua página da internet contatos de instituições para doação de vestidos.

Veja a nossa galeria e descubra o que fazer com esse monte de pano (in)útil.

Veja a galeria com os usos do vestido

Sem mais artigos