Neste feriado de Carnaval o Rio de Janeiro receberá o primeiro time das celebridades internacionais. Madonna, Beyoncé, Paris Hilton e Linday Lohan vão sambar um pouquinho melhor depois de uns dias no Brasil.

As artistas estão entre os milhares de turistas estrangeiros que buscam o país nesta época do ano. No exterior, as agências de turismo oferecem pacotes especiais para atrair os gringos, muito além das manjadas caipirinhas. O Virgula pesquisou que atrativos estão fazendo sucesso em cinco países que lotam os aeroportos brasileiros:

Inglaterra

Com a libra valendo quase três reais os passeios de uma semana pelo Brasil partindo de Londres não são nada modestos. As agências empurram mesmo o roteiro com três cidades: Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e Salvador. Bons de garfo que são os ingleses, uma das dicas que as agências sempre dão é um almoço no “rodízio”, com nosso famoso barbecue (churrasco em inglês). A agência About U recomenda muito. Por lá, Carnaval também funciona bem como tema de festas para caridade, com foto da Juliana Paes fica ainda melhor…

França

As agências de turismo de Paris sabem aproveitar bem a queda pela natureza dos franceses. Na venda de roteiros o mapa do “Brésil” ganha até contornos mais charmosos. Ao invés do país ser mostrado pela divisão de estados, está apresentado por zonas de interesse. Uma, lógico, é o Rio de Janeiro. Outra bem grande chama-se simplesmente “Centro” e vai de Brasília até um pedaço do Maranhão. São Paulo nem é citado e a cidade carioca de Paraty ganha um pedaço só para ela, com a região de São Sebastião anexada.

Argentina

Nossos vizinhos são descoladíssimos em matéria de Rio de Janeiro. A agência Rio 40 Grados (tem nome melhor?) oferece todos os passeios possíveis de serem feitos na capital fluminense: voo de asa delta, pagode nos Arcos da Lapa, subida da serra de Petrópolis, visita ao Maracanã em dia de jogo, Floresta da Tijuca, passeio de helicóptero, ensaio das escolas de samba e até Feira Nordestina em São Cristovão. Para os desfiles da Marquês de Sapucaí – com preços bem salgados – oferece até a alternativa dos ingressos para o Desfile das Campeãs, na semana seguinte ao Carnaval. É como se tivessem o jeitinho brasileiro.

Estados Unidos

Ninguém vem há tanto tempo ao Carnaval do Rio mais que os americanos. Nos sites das agências de Nova York se vai direto ao assunto: os bailes que tomam conta das ruas e dos clubes da zona sul, ou como eles chamam, as “street parades” e os “carnival balls”. A informação oferecida ao turista não erra: é possível sair nas bandas de rua vestindo fantasias sensuais, traje de banho ou travestido. E nos bailes como o do Copacabana Palace e do Scala é necessário saber qual o tema da noite. Entre o Scala Gay e o Baile do hotel cinco estrelas o clima muda bastante de figura. A AR Tourism sabe disso.

Espanha

Os baianos mais orgulhosos de seu Carnaval vão gostar de saber: em Madri a festa baiana é considerada como a mais tradicional folia brasileira. O pacote turístico espanhol parte direto para Salvador e não dá a mínima confiança para o Rio. Passeios programados também não são o forte do turismo espanhol. Recomenda-se a Praia do Forte, onde um resort recebe os viajantes e os dias são bem livres, que nem a personalidade soteropolitana. Tudo na agência Vivencia Andina.

Sem mais artigos