Conhecida por ser uma equipe de fazer poucos gols, a Suíça já tem uma meta na Copa do Mundo da África do Sul. A intenção da seleção foi revelada pelo atacante Albert Bunjaku, artilheiro do Nurenberg no Campeonato Alemão, que diz que o objetivo é passar da primeira fase.

Se isso acontecer e for eliminada nas oitavas-de-final, a Suíça repetirá o mesmo rendimento da Copa de 2006 quando a seleção foi desclassificada pela Ucrânia nos pênaltis.

“Quem viaja para uma Copa do Mundo quer permanecer na competição pelo máximo de tempo possível. Qualquer equipe que se classifica para o Mundial também pode ter pretensões de chegar aos mata-matas. Espero que sejamos uma das seleções a avançar às oitavas”, afirmou o suíço.

No entanto, para chegar na segunda fase, a Suíça terá grandes pedreiras pela frente. A seleção está no grupo H ao lado de equipes como Espanha, favorita, Chile, terceira da América do Sul, e Honduras. Quem passar desse grupo cruza com a chave de Brasil, Portugal, Costa do Marfim e Coreia do Norte.

Sem mais artigos