A grande quantidade de grupos e cantores americanos e o retorno temporário de formações já dissolvidas farão parte da programação de alguns dos principais festivais de verão do Reino Unido, como o de Glastonbury.

Se os festivais de música ficaram marcados em suas edições passadas pelas atuações de grandes veteranos, como Neil Young, de 63 anos, ou Bruce Springsteen, de 60, o verão britânico receberá uma avalanche de artistas americanos e de “reuniões” previstas por artistas que retornarão temporariamente a seus antigos grupos.

É o caso, como lembra hoje o jornal britânico The Guardian, do grupo indie The Libertines, que levou à fama Pete Doherty, o ex-namorado da top model inglesa Kate Moss. O grupo fará parte da programação dos festivais de Reading e de Leeds, que acontecerão em agosto.

Também tocará no Reino Unido o grupo de rock americano Pearl Jam e a formação do Blink 182, que está em plena reunião após um longo período em que estiveram separados.

Já o rapper Eminem, que não toca no Reino Unido desde 2003, será atração do festival T In The Park, em julho, na Escócia, enquanto a lenda do soul Stevie Wonder tocará em Glastonbury.

Sem mais artigos