Zagallo (78 anos), Evaristo de Macedo (76) e Antonio Lopes (68) podem ser descritos como novatos perto de Ivor Powell. Aos 93 anos, este britânico, que já treinou mais de 9 mil jogadores em 73 anos de carreira, é considerado o técnico mais velho do mundo. Ou melhor, o mais experiente…

Figurinha repetida no Guinness, o Livro dos Recordes, desde 2006, Powell anunciou sua aposentadoria na quarta-feira (26), mas garante que vai participar dos treinos de seu time uma vez por semana porque o futebol está “no sangue”.

Como jogador, Powell foi considerado um dos melhores futebolistas de sua geração. Apesar do sucesso nos gramados, precisou interromper a carreira para ingressar no Exército durante a 2ª Guerra Mundial. Na época, Powell se orgulha de ter conhecido Mahatma Gandhi quando esteve em combate na Índia.

No final dos anos 40, voltou a jogar futebol no Reino Unido e ainda chegou a ser transferido para o Aston Villa por 17,5 mil libras, um valor recorde para a época.

Na década de 50, Powell passou a treinar equipes. E, em 1973, ingressou na Universidade de Bath como técnico do time da faculdade. E continuou a trabalhar lá pelo resto de sua vida…

Em 2002, inclusive, seu time universitário chegou a se classificar para a disputa da renomada FA Cup.

No dia de sua aposentaria, o experiente futebolista criticou a falta de amor dos jogadores por seus times. “Todos estão interessados em saber quanto um jogador vai receber em determinado time e não os títulos que ele vai conquistar. Nós jogávamos para nossos torcedores”, disse Powell ao Daily Mail.

Sem mais artigos