Poderia ser uma overdose de Viagra, mas trata-se de um distúrbio no sistema nervoso periférico chamado priapismo. Este problema fez com que um indiano de 55 anos tivesse uma ereção prolongada que durou 21 dias. E o pior: agora ele pode ficar impotente.

Segundo informações do jornal Times of India, o empresário de Calcutá, que não teve o nome divulgado, só foi procurar um médico após três duras semanas. Acabou internado na mesma hora e submetido a uma cirurgia de emergência.

“Era muito tarde quando ele procurou atendimento”, disse o urologista Mukherjee Avishek. Ainda não é certo se o indiano ficará impotente, tudo vai depender da evolução do quadro pós-operatório.

O priapismo, ereção peniana que independe de desejo sexual e faz com que o sangue não consiga fluir do órgão sexual, deve ser tratado em até seis horas após a identificação do problema. Se persistir por muito tempo, a doença pode até levar a morte.

Por sorte, o indiano não corre risco de vida, mas sua situação também não é nada confortável.

Sem mais artigos