Recentemente, o mercado de peixes Tsukiji, em Tóquio, foi palco de uma venda histórica.

Considerado um peixe nobre entre as variedades de atum e na alimentação japonesa, que o utiliza no modo cru para fazer o sushi, o bluefin, encontrado na ilha de Honshu, ao norte do país, foi vendido por 16.28 milhões de ienes (US$175 mil) a peça, o maior valor em nove anos.

Segundo a BBC, com 232kg, o peixe corresponde a mais ou menos o tamanho de quatro homens japoneses.
 
A peça foi comprada por um dos restaurantes mais sofisticados da região, que é baseado em Hong Kong e possui uma cadeia de sushi bares.

Além da questão econômica – no ano passado o mesmo peixe foi vendido por menos de 10 milhões de ienes – muitos ecologistas querem que as autoridades assumam que o bluefin esteja se tornando uma espécie em extinção no Atlântico e no Mediterrâneo. 

 

Sem mais artigos